O mar é o brilho do céu

16
Nov 08

 

 

 

 

Apenas o que precisava de ouvir..

E de sentir..


25
Out 08

 

 

 Waiting for your call, I'm sick, call I'm angry
call I'm desperate for your voice
I'm listening to the song we used to sing
In the car, do you remember
Butterfly, Early Summer
It's playing on repeat, Just like when we would meet

I was born to tell you I love you
and I am torn to do what I have to, to make you mine
Stay with me tonight

Stripped and pollished, I am new, I am fresh
I am feeling so ambitious, you and me, flesh to flesh
Because every breath that you will take
while you are sitting next to me
will bring life into my deepest hopes, What's your fantasy?

 

I was born to tell you I love you
and I am torn to do what I have to, to make you mine
Stay with me tonight

And I'm tired of being all alone, and this solitary moment makes me want to come back home
( I know everything you wanted isn't anything you have

 


10
Set 08

 

Porque amar é querer mais um ao outro do que a nós mesmos, aceitar o outro com tudo o que isso implica e sentir que só estamos completos na sua presença. O amor dá ao ser humano a capacidade de perdoar, de compreender. E se nem sempre o amor é capaz de sobreviver à realidade, ele é em tudo distante da fúria da paixão, essa loucura que devora e não traz nunca o apaziguamento da alma e do corpo”

 

Alma, Luísa Castel-Branco

 

Um momento só, tem sido o encontro dos meus pensamentos, a minha paz pessoal.

Saudades

Abraça-me..

 

publicado por marebrilho às 21:02
música: Beijo, Pedro Abrunhosa
sinto-me:

03
Mai 08

 

Não paro de sonhar noites e noites contigo.

O que me queres dizer?

Queres pedir-me um beijo porque entrei na tua casa e esqueci-me?

Quem me dera...

Queres convidar-me para comer os teus maravilhosos caracois?

Espera...

Queres levar-me a passear com a avó!

Vamos á praia os 3?

Ou então queres muito comer enguias e levas-me, mesmo sabendo que detesto, e depois dizes: "Mas há sempre bifinho para ti!"

Parece-me que não, pois partistes e ainda não voltas-te...
Só quero abraçar-te mais uma vez, sentir a tua alma presente, o teu olhar e as tuas mãos quentes. Parecia que o dia mais duro tinha sido aquele em que partis-te, mas afinal duro não foi ver-te partir, mas duro é agora saber que nunca mais voltas...

 

Sei que um dia vamos reencontramo-nos e vais pedir-me o teu beijo!

Espero anciosamente, com muitas saudades e amor!

 

 

 

publicado por marebrilho às 12:20

10
Abr 08

publicado por marebrilho às 22:26

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO