O mar é o brilho do céu

04
Jan 09

 

3 anos

É ainda uma criança

Tem muito que crescer

Tem muito que aprender

Tem muito que viver

Tem muito que conquistar

Tem muito que lutar

Tem muito que sonhar

Mas,

nasceu

já cresceu

Já sonhou

Já conquistou

Já sorriu

Já chorou

Já aprendeu

Já desesperou

Já brincou

 

   Enfim, um sentimento que ainda é uma criança (3 anos), que já tem algumas experiências umas mais positivas outras mais negativas, mas que tem aprendido a crescer, assim como, nós, que temos aprendido muito com este sentimento (o amor).

 

  Obrigada por seres o namorado que és!

 

  Não vou dizer tudo aquilo que já sabes, porque não faz sentido. Os sentimentos não são para serem escritos, mas sim para serem vividos.

 

Amo-te


11
Dez 08

 

 

Parabéns Amor! (atrasados)

 

Ontem fizes-te 18 aninhos, mas como ontem passei o dia todo contigo apenas hoje foi possível dar-te este pequeno miminho.

 

Corre para os meus braços

Fecha os olhos e sente o meu beijo neste momento

Sente o beijo de alguém que te ama

Por segundos abre os teus olhos

E vê o quanto é radioso o meu sorriso contigo a meu lado

 

Amo-te amor! Espero que tenhas sido muito feliz ontem e desejo-te toda a felicidade do mundo!

 

Amo-te, porque me fazes sentir muito forte perante tudo e demasiado fraca para te resistir, assim como hoje (tu percebes)

 

Assim, amor, quero que saibas que independentemente do que vier amanhã hoje eu amei-te com todas as forças com que se pode amar e que fui muito feliz em cada minuto do teu lado e assim será para sempre!

 

Parabéns mais uma vez meu pingu ------ (o resto sabes tu)

 

 


26
Nov 08

 

 

 

 

“Each day I live
I want to be a day to give the best of me
I'm only one, but not alone
My finest day is yet unknown
I broke my heart for ev'ry gain
To taste the sweet, I face the pain
I rise and fall, yet through it all this much remains
I want

One moment in time
When I'm more than I thought I could be
When all of my dreams are a heart beat away
And the answers are all up to me
Give me one moment in time
When I'm racing with destiny
and in that one moment of time
I will feel, I will feel eternity”

publicado por marebrilho às 21:25
sinto-me: Pensar positivamente..
música: "One Moment in Time"

25
Out 08

 

 

 Waiting for your call, I'm sick, call I'm angry
call I'm desperate for your voice
I'm listening to the song we used to sing
In the car, do you remember
Butterfly, Early Summer
It's playing on repeat, Just like when we would meet

I was born to tell you I love you
and I am torn to do what I have to, to make you mine
Stay with me tonight

Stripped and pollished, I am new, I am fresh
I am feeling so ambitious, you and me, flesh to flesh
Because every breath that you will take
while you are sitting next to me
will bring life into my deepest hopes, What's your fantasy?

 

I was born to tell you I love you
and I am torn to do what I have to, to make you mine
Stay with me tonight

And I'm tired of being all alone, and this solitary moment makes me want to come back home
( I know everything you wanted isn't anything you have

 


10
Out 08

 

 

Voei para ti,

Voei, como se nunca antes o tivesse feito

Voei para o meu maior abrigo

Aquele que me acolhe nas noites mais frias

Protege-me quando mais preciso

Abraça-me para confortar

Voei, e esqueci as noites em que andei perdida

Não encontrava o meu abrigo, ele estava lá como sempre

Mas, talvez eu não quisesse ver

Hoje voltei a sentir-me quente

O meu abrigo faz esquecer-me o vento de Outono

Aquele calor acolhedor, aquela alegria imensa

Podia até arriscar dizendo: Bem vindo á Primavera!

Onde tudo parece mais belo, onde o sorriso não teima em ficar escondido

Obrigada, por estares sempre lá!

E fazeres a minha vida colorida, quente, acolhedora..

Agora,

Apenas quero esquecer o que me rodeia e amar-te!

 

 

 

 

publicado por marebrilho às 21:00
sinto-me: Feliz,apaixonada

05
Out 08

 

Não ter medo de sorrir

Rir porque sim e porque não

Ser feliz, com aqueles que nos fazem feliz

Partilhar a felicidade

Rir e Rir

Abrir oportunidades á boa disposição

Esquecer o que queremos á semanas, meses..

Sorrir do que queremos esquecer

Falar ou até gritar

Dançar, cantar e saltar

Tornar momentos sem limites

Andar sempre direito e não mostrar o cansaço de não ser feliz

Abrir a mente

Não ter medo de arriscar

Abrir o coração á felicidade

Beijar, abraçar, amar

Ser Feliz porque sim e porque não

Ser adolescente

Aceitar a felicidade e "curtir" a vida!

Abrir horizontes a novas experiências

Vou ser feliz á minha maneira

Não esperar que gostem da minha maneira de ser feliz

Orgulhar-me dos meus amigos

Apenas aceitar que para ser feliz é preciso acordar

E sorrir para a vida

 

 

 

 

 

 


10
Set 08

 

Porque amar é querer mais um ao outro do que a nós mesmos, aceitar o outro com tudo o que isso implica e sentir que só estamos completos na sua presença. O amor dá ao ser humano a capacidade de perdoar, de compreender. E se nem sempre o amor é capaz de sobreviver à realidade, ele é em tudo distante da fúria da paixão, essa loucura que devora e não traz nunca o apaziguamento da alma e do corpo”

 

Alma, Luísa Castel-Branco

 

Um momento só, tem sido o encontro dos meus pensamentos, a minha paz pessoal.

Saudades

Abraça-me..

 

publicado por marebrilho às 21:02
sinto-me:
música: Beijo, Pedro Abrunhosa

08
Set 08

 

 

 

Fiquei só, eu e o mar

Senti pequenas gotas na minha pele, não era o simples saplicar das ondas que vinham junto ás minhas pernas

Agora já estava a chuviscar, a água do mar, mas o mar do céu

Começou a intensificar, mas nunca me soube tão bem a frieza daquele chuviscos

Olhei o horizonte..e tudo era tão igual, mas tão belo

Sentei-me um pouco

Há tanto tempo que não estava só, eu e o mar, e agora também o mar do céu

Estava a sentir-me tão bem

...

 

Passou algum tempo, ali sentada...

Levantei..e caminhei..tinha que voltar para casa

E agora apenas posso dizer..

Que não queria a chuva, mas sim o sol

Que não queria estar só, mas um boa companhia

Que não queria o mar, mas ter a beleza do mar

Que não queria estar sentada, mas deitada a teu lado

 

 

Porque há dias, momentos, e pensamentos...

E porque tenho adiado escrever, pois de férias talvez não seria o melhor momento para um post destes..

Mas as férias não levam os momentos e os pensamentos...

publicado por marebrilho às 21:42
sinto-me:

21
Ago 08

 

 

 

Não consigo escrever, não consigo expressar o que sinto

È tudo tão forte tão intenso,

Vou esperar pelo dia da amanhã,

Vou esperar pelas lembranças, pois agora ainda tudo está em mim

Tu ainda aqui estas bem junto de mim

Hoje vou ficar com os sentimentos,

os pensamentos para mim.

Hoje o meu diário é a minha cabeça.

Hoje tudo o que sinto vai ser

guardado em mim.

 

publicado por marebrilho às 20:29
sinto-me: Feliz, apaixonada

24
Jul 08

 

 

 

Uma noite, em pleno luar de verão. Vieste ter comigo!

Agarras-te a minha mão, a minha respiração parou por momentos.

 

Não podia acreditar no que estava a acontecer…

Com toda a tua gentileza, pedis-te que fosse contigo.

 

Não conseguia pensar, parecia tudo uma grande loucura!

Mas fui, segui-te!

 

Silenciosamente, apenas ouvia-se as nossas respirações ofegantes…

E todas as ramagens que tínhamos que afastar para conseguirmos passar..

 

Estávamos a correr o máximo possível, para sair dali!

Não sabia onde me levava..

 

De repente paras-te,

Ficamos em silêncio por alguns segundos…

 

Quando ganhei finalmente fôlego perguntei o que se passava

E onde estávamos

 

Apenas respondes-te, que encontramos “o nosso lugar”

O lugar mágico, o lugar que sonhávamos

Onde podíamos fugir de tudo o que nos separava e viver ali o nosso amor

 

Mas estávamos no meio de árvores, até um pouco assustador,

Até que afastas-te uma vasta folhagem

 

Um lugar magnífico,

Até o nevoeiro que se avistava, parecia parte de um quadro pintado

 

Não era o lugar que imaginava,

Mas era tão lindo!

 

Beijei-o, beijou-me,

Abraçamo-nos…

Caímos na areia,

Todo aquele sonho tornou-se realidade

Fizemos amor, apenas o nevoeiro  cobria os nosso corpos

 

Sabíamos que tínhamos que voltar,

Confessei-lhe como sentia-me num verdadeiro conto de fadas

 

Sorriu, colocou-se de joelhos,

E pediu-me que dança-se com ele,

Agarrou na minha mão,

Sem qualquer música,

Dançamos, naquele “lugar nosso”

Naquele luar magnífico!

Dançamos, dançamos…

 

Pouco antes do amanhecer, voltamos!

Podia nunca mais ter coragem de sair assim…

Mas sabia que havia um lugar para nós!

 

Um lugar, em que sentiamo-nos protegidos,

Um lugar, longe de proibições e preconceitos!

 

 

Haverá sempre esse lugar, esse “lugar nosso”

Mesmo que seja apenas no meu  e no teu coração!

 

  

publicado por marebrilho às 18:53
sinto-me:

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO