O mar é o brilho do céu

25
Out 08

 

 

 Waiting for your call, I'm sick, call I'm angry
call I'm desperate for your voice
I'm listening to the song we used to sing
In the car, do you remember
Butterfly, Early Summer
It's playing on repeat, Just like when we would meet

I was born to tell you I love you
and I am torn to do what I have to, to make you mine
Stay with me tonight

Stripped and pollished, I am new, I am fresh
I am feeling so ambitious, you and me, flesh to flesh
Because every breath that you will take
while you are sitting next to me
will bring life into my deepest hopes, What's your fantasy?

 

I was born to tell you I love you
and I am torn to do what I have to, to make you mine
Stay with me tonight

And I'm tired of being all alone, and this solitary moment makes me want to come back home
( I know everything you wanted isn't anything you have

 


23
Out 08

[Snoopy_cake.jpg]

 

PARABÉNS A MIM!

 

Mais um ano..mais um aniversário..

 

Obrigada a todos aqueles que fazem com que este dia ainda tenha um pouco aquele gostinho especial!

 

Especialmente a ti (namorado) que bem sei o esforço que fizes-te para me ver a sorrir hoje! Amo-te

 

 

 

 

publicado por marebrilho às 23:40
sinto-me:
música: Mama Mia

21
Out 08

 

 

 

Primeiro teste- Física

 

Farta de tanta formula

Mas apesar de tudo tenho imenso prazer a estudar Física porque é algo que me interessa mesmo.

Enquanto não resolvo as coisas não descanso, mas agora já ando cansada..e apenas é o início.

Mas é preciso é calma porque tudo vai correr bem, e espero que por ser quinta, logo no dia dos meus anos, seja facíl (dúvido), pois já era uma boa prenda

publicado por marebrilho às 19:48
sinto-me: cansada..

19
Out 08

 

 

Depois de tanto trabalho conseguimos

Sem dúvida que juntos somos realmente muito bons e provamos isso ontem á noite no nosso grande concerto.

 

Diverti-me imenso mesmo a trabalhar todo o dia e foi isso que levou sempre a boa disposição toda a noite!

 

Apenas só um grupo  esteve sempre presente desde o inicio com este projecto, sem dúvidA que para mim são esses os mais importantes e são com esses que tenho as melhores recordações de sempre!

 

Tenho-me divertido imenso com voces todos e sem dúvido que ADORO estar com voces!

 

BRINDE Á ORQUESTRA!

 

publicado por marebrilho às 12:00
música: I can't get no (satisfaction)
sinto-me:

17
Out 08

 

 

   Um dia sem significado, onde não sei onde estou ou onde me encontro, mas que até hoje nada mais teve significado.

  

    Tudo começou normalmente, um dia como qualquer outro, com ou sem significado, mas normal. Mudei de planos ao fim da manhã, queria estar com ele e ainda poder ir ao RGA ( reunião geral de alunos), pois este ano decidi fazer parte da associação de estudantes e achei que deveria de dar o meu apoio á minha lista. Tudo até aqui normal. Almoçamos juntos, falamos, brincamos, namoramos até ao último segundo. Estava feliz!

 

    Fui para a RGA, e como era esperado, ambas as listas queriam eliminarmo-nos, pois, só assim teriam alguma forma de ganhar. As discussões foram progredindo. Desta vez enervei-me. Nem ligo a nada disto e acho uma parvoice, mas não consegui ficar indiferente a acusações e mesmo até ameaças a amigas. Enervada, sai. Fui para casa.

 

    Em casa, sei de uma notícia menos boa, que até agora não percebo se é verdade ou não. Mas, fiquei muito nervosa e preocupada e não consegui fazer mais nada o resto da noite. Era mau demais para poder aceitar o que pode/poderia acontecer se realmente for/fosse verdade. Gritos e discussões terminaram este meu dia.

 

     A partir deste dia sem significado, tudo continuou sem significado. Reacções sem significado, noites sem significado e choro sem significado.

 

       Não suporto mais ouvir falar do meu aniversário e ainda falta uma semana.   Que saudades de ser criança...Anciosa com as surpresas, anciosa por vestir uma roupa nova nesse dia e ser o centro das atenções.

      Agora parece que tudo faz questão de relembrar que faço anos, de dizer qual a minha prenda de aniversário, de dizer " é apenas isto", como se eu pedisse algo mais.

        Ninguém percebe que o pequeno, o inesperado é o mais importante, que não preciso de saber o valor material das prendas

        

       Apenas quero o carinho das pessoas que estão comigo em tudo.

 

      Especialmente o teu amor, a tua atenção e aquele nosso lugar, aquele espaço.. (que sei que não vou ter), isso sim faz-me ficar triste...

 

Miuda esquecita eu..bahhh

       

 (desabafo)

 

  ...........................................................................................................................................................

 

 

Parabéns Nocas!

 

Um amiga que visita regularmente o meu blog e já se tornou uma grande amiga =)

 

http://sonhos-as-cores.blogspot.com/ 

 

publicado por marebrilho às 14:39
sinto-me:

10
Out 08

 

 

Voei para ti,

Voei, como se nunca antes o tivesse feito

Voei para o meu maior abrigo

Aquele que me acolhe nas noites mais frias

Protege-me quando mais preciso

Abraça-me para confortar

Voei, e esqueci as noites em que andei perdida

Não encontrava o meu abrigo, ele estava lá como sempre

Mas, talvez eu não quisesse ver

Hoje voltei a sentir-me quente

O meu abrigo faz esquecer-me o vento de Outono

Aquele calor acolhedor, aquela alegria imensa

Podia até arriscar dizendo: Bem vindo á Primavera!

Onde tudo parece mais belo, onde o sorriso não teima em ficar escondido

Obrigada, por estares sempre lá!

E fazeres a minha vida colorida, quente, acolhedora..

Agora,

Apenas quero esquecer o que me rodeia e amar-te!

 

 

 

 

publicado por marebrilho às 21:00
sinto-me: Feliz,apaixonada

07
Out 08

 

Leucemia, apenas a palavra assusta.

Depois de uma experiência familiar, não consigo esquecer o sofrimento de muitos olhares de crianças, de adolescentes, de idosos e da minha própria avó...

Ontem soube que a minha professora tinha leucemia, fiquei um pouco perturbada, antes de deitar não saía da cabeça esta palavra: leucemia, leucemia, leucemia...

 

Leucemia para mim tem vários sinónimos: sofrimento, luta, coragem e amor pela vida

Esta doença é um sofrimento para o doente e para quem tem que viver diaramente com um familiar/amigo com essa doença.

 

Uma duvida permanente permaneceu comigo durante longos meses será amanhá que infelizmente chegamos á visita e a pessoa tão amada partiu?  =(

 

No IPO, forma-se uma família em pequenos quartos e salas, ambos apoiam-se uns aos outros e sofrem quando algo corre mal com alguem. Eu própria que passei dias no hospital junto com a minha avó fiz amigos, que infelizmente já partiram, mas também uns que conseguiram vencer esta luta!

 

Encontrei na net, um testemunho de alguém que está a lutar pela vida.


"CONFRONTADA COM O DIAGNÓSTICO DE LEUCEMIA, O MUNDO DESABOU SOBRE NÓS

Para quem tinha sido sempre saudável e gostava de viver, para quem se considerava feliz, perspectiva de ter uma doença fatal é desoladora.

No meu caso o que aconteceria aos meus filhos, ainda pequenos? No meio deste impacto permanece o pânico do futuro - que futuro? -, ao lado da esperança de estarmos dentro da percentagem dos que conseguem ultrapassar esta prova e que a vencem. Iniciados os longos e, por vezes, penosos tratamentos, vividos os arrastados internamentos, há que manter a disponibilidade física e mental para aceitar os constantes avanços e recuos que a doença e as sequelas dos tratamentos nos vão oferecendo. O tempo durante a doença não pode ser contabilizado – é uma aprendizagem que vamos fazendo, só importará ser valorizado depois de ultrapassado este mau bocado. O grande profissionalismo, a dedicação e o carinho que nos são prestados pelos profissionais que nos acompanham contribuem muito significativamente como suporte da longa caminhada que temos que percorrer. No meu caso foi prestimosa, e apraz-me aqui reconhecê-lo, o valioso auxílio que sempre recebi dos médicos, dos enfermeiros e das auxiliares de acção médica do IPO de Lisboa. A diferença, então quando é pela positiva , sente-se. Este testemunho não ficaria completo se não referisse a incomensurável ajuda que recebi dos meus familiares e amigos que, com o sacrifício, por vezes, da sua vida pessoal e com muito amor sempre estiveram ao meu lado e sempre me transmitiram força e alento. Nos momentos mais difíceis, de maior debilidade física e/ou psicológica a “simples” presença de uma pessoa que nos conforta, alivia a nossa dor, dá-nos fôlego para mais uns dias. Também a eles obrigado. Neste momento - Setembro de 2002 – ainda não superei a doença, estou em convalescença de um alo-transplante não relacionado, o qual, até à data, tem sido bem mais fácil que muitos tratamentos anteriores, mas parece-me poder alimentar a esperança de ainda poder vir a desfrutar a vida com alguma qualidade. Partilhá-la com aqueles que mais amo, acompanhar os meus filhotes. Mas, ainda hoje, três anos volvidos sobre o diagnóstico, não compreendo como isto me aconteceu a mim, acho que não estava “fadada” para estas tarefas e entendo tudo por quanto passei e estou a passar como uma missão de que fui encarregue. Pelo que já cumpri e se conseguir terminar agradeço a Deus.
Uma doente."
publicado por marebrilho às 19:04
música: Deixa o coração falar-João Pedro Pais
sinto-me:

05
Out 08

 

Não ter medo de sorrir

Rir porque sim e porque não

Ser feliz, com aqueles que nos fazem feliz

Partilhar a felicidade

Rir e Rir

Abrir oportunidades á boa disposição

Esquecer o que queremos á semanas, meses..

Sorrir do que queremos esquecer

Falar ou até gritar

Dançar, cantar e saltar

Tornar momentos sem limites

Andar sempre direito e não mostrar o cansaço de não ser feliz

Abrir a mente

Não ter medo de arriscar

Abrir o coração á felicidade

Beijar, abraçar, amar

Ser Feliz porque sim e porque não

Ser adolescente

Aceitar a felicidade e "curtir" a vida!

Abrir horizontes a novas experiências

Vou ser feliz á minha maneira

Não esperar que gostem da minha maneira de ser feliz

Orgulhar-me dos meus amigos

Apenas aceitar que para ser feliz é preciso acordar

E sorrir para a vida

 

 

 

 

 

 


Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
18

20
22
24

26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO